Please reload

Posts Recentes

2º Salão de Turismo dos Campos Gerais do Paraná acontece em agosto

June 20, 2017

1/1
Please reload

Posts em destaque

Ecoturismo e Turismo de Aventura? Os Campos Gerais do Paraná têm!

August 14, 2017

Deixar a rotina do dia a dia, o barulho dos carros, o cinza dos prédios e a algazarra dos grandes centros de lado para respirar ar fresco, observar o colorido da natureza, sentir a brisa leve, ouvir o canto dos pássaros e o sonzinho de água corrente, além de viver um pouco de adrenalina.

 

Quem visita a região não acredita, pois ao ver tanta beleza através de cachoeiras e esculturas em formato de objetos, como exemplo, a sensação é de estar em um ambiente imaginário. Porém, tudo é real e descrito como o Paraíso Terrestre no Brasil pelo botânico Auguste de Saint-Hilaire.

 

São diversas opções de atrativos turísticos naturais para visita, o que encanta turistas de todas as partes do mundo, caso de André Ávila de Miami, que visitou o Parque Estadual de Vila Velha. “E muito interessante para as pessoas que gostam de história e geologia, é um verdadeiro pulo para dentro do passado, um lugar cheio de mistério muito legal pra fotografias, como as panorâmicas e selfie”.

 

Os parques estaduais, rios e cachoeiras são os destaques, principalmente aqueles em que a natureza foi tão delicada ao criar cenários únicos. Já pensou ver em um arenito uma taça, um camelo ou uma bota? Isso é possível no Parque Estadual de Vila Velha, em Ponta Grossa.

 

Anualmente, cerca de 70 mil pessoas conhecem o local as margens da BR-376, que oferece os arenitos, as furnas e lagoa dourada como opções de visitação. Além dos turistas, o Parque também recebe geógrafos e arqueólogos interessados no local do período Carbonífero, existente há 340 milhões de anos atrás.

 

Conhecido mundialmente, o Parque visitado por André é o atrativo turístico chefe da região. Ele, ao lado do Canyon Guartelá localizado em Tibagi e sexto maior do mundo, e do Parque Estadual do Cerrado, encantam visitantes em busca da natureza.

 

Para a Prof. Doutora Jasmine Cardozo Moreira,  os Campos Gerais do Paraná têm muito potencial para o ecoturismo,  e também outras modalidades de turismo em áreas naturais, como o turismo de aventura, geoturismo e turismo rural. E, ainda de acordo com Moreira, alguns locais são destaque, como o Parque Nacional dos Campos Gerais:

 

“Criado em 2006, para proteger os recursos naturais da nossa região, como os campos naturais, a floresta com araucária, os animais, as plantas e os rios. Além disso, o Parque possui várias cavernas conhecidas e outras a serem descobertas, além de pinturas e desenhos feitos nas rochas por índios que viveram aqui há milhares de anos”.

Segundo a doutora em geografia e membro da Academia Internacional para o Desenvolvimento da Pesquisa em Turismo no Brasil, no Parque existem plantas únicas encontradas somente no local, como o cacto bola, ou que estão ameaçadas, como a flor rainha do abismo. Já nos capões de araucária podem ser vistos xaxins, imbuias e araucária.

 

“Diversos animais vivem na área do Parque Nacional dos Campos Gerais, como a seriema, a cobra cascavel, o lobo-guará, o macaco bugio, o tamanduá-bandeira, a gralha-azul, a suçuarana, o guaxinim e a paca, que é o animal mais registrado em estudos da região. O Parque ainda está em fase de implementação, mas alguns lugares são visitados há muito tempo, como a Cachoeira da Mariquinha, a Cachoeira do Rio São Jorge, o Buraco do Padre, o Capão da Onça e as Furnas Gêmeas”, finaliza Jasmine.

 

Agora a pergunta que fica é: E as opções de aventura? Acredite, os Campos Gerais do Paraná possui diversas opções e é possível começar as dicas de como se aventurar pelo rafting realizado em Tibagi e Jaguariaíva.

 

Em Tibagi, a 100 km de Ponta Grossa, a atividade é realizada no rio de mesmo nome e envolve uma descida de aproximadamente 2 horas com corredeiras fortes e muita emoção. Já em Jaguariaíva a atividade acontece nas águas do rio com mesmo nome da cidade e dura 4 horas.

 

Danilo Barreto de Lima é proprietário de uma agência de passeios de aventura em Tibagi. Por ano, ele recebe mais de 8 mil pessoas, sendo cerca de 15% estrangeiros, que podem fazer rafting, boia cross, cascading ou ir ao Canyon Guartelá, atividades que ajudam no desenvolvimento do município de 20 mil habitantes.

 

“Cada ano que passa o turismo da região está se desenvolvendo cada vez mais e com isso ampliamos nossa estrutura o que nos faz depender de mão de obra qualificada, o que gera mais empregos. Além disso, o turista que está vindo para Tibagi usa transporte, fica em hotel, utiliza restaurante, enfim, todo segmento tem crescimento com o turismo, o que é muito importante para o desenvolvimento da cidade”, comenta.

 

Jaguariaíva é outra cidade da região com movimentação turística constante a partir de atividades de aventura. Carlos Ornellas, proprietário de uma a agência, oferta sete modalidades de atividade: trilhas, travessia, aquatrekking, espeleoturismo, rafting, turismo arqueológico e cicloturismo.

 

Para ele essas atividades contribuem com a valorização e preservação das áreas de beleza natural, dando novas utilidades para áreas rurais de forma sustentável, com a geração de demanda qualificada e organização dos produtos turísticos para geração de renda.

 

“O turismo de aventura vem agregar ao destino opções de turismo ao público de turistas que desejam uma fuga mental e física do ambiente e rotina das cidades urbanizadas, com atividades que o coloquem em contato com a natureza em seu estado bruto, proporcione experiências de vida e superações com segurança, trazendo volume de pessoas de outras localidades com consequentemente geração renda” comenta Ornellas.

 

A Região dos Campos Gerais possui 60 atrativos turísticos espalhados por 11 cidades. São Parques, cachoeiras, opções de aventura, ecoturismo, atrativos históricos, muita cultura e gastronomia característica, todas representadas no 2º Salão de Turismo entre os dias 25 e 27 de agosto.

 

Sobre o 2º Salão de Turismo dos Campos Gerais

O 2º Salão de Turismo dos Campos Gerais é realizado pela Agência de Desenvolvimento do Turismo dos Campos Gerais (AdeTur Campos Gerais) com parceria do Ponta Grossa Campos Gerais Convention & Visitors Bureau e Sebrae. Conta com patrocínio do Sicredi Campos Gerais e Sistema Fecomércio Sesc Senac Paraná e apoio da CCR Rodonorte, Shopping Palladium Ponta Grossa, NET-Claro, Fundação Municipal de Turismo de Ponta Grossa, Paraná Turismo, Secretaria de Meio Ambiente de Ponta Grossa, Faculdades Ponta Grossa, Universidade Estadual de Ponta Grossa, Faculdades Secal, Rede Gastronômica dos Campos Gerais, Churrascaria Lugano e Ideato Acrílicos. O Luds Comfort é o Hotel Oficial do evento.

Tags:

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Arquivo

Realização

Parceria Estratégica

 

Parceria Institucional

Apoio Estratégico

Empresa Contratada pelo Convention Visitors Bureau para Organizar o Evento

bird.png

Contato e Vendas 
Telefone: (42)
9 9905-4950

E-mail: atendimento@birdeventos.com.br

 

Montadora Oficial